Desde o ínicio de 2019 que integro a equipa das sondagens ICS-ISCTE. Desde Janeiro de 2019 que fomos responsáveis pela publicação de sondagens à opinião pública neste ano em que houve duas eleições em Portugal: ao Parlamento Europeu e à Assembleia da República.

Mais informação aqui.

Publiquei na Revista do Expresso um longo artigo sobre a natureza do PSD. Numa época de questionamento do partido, o artigo utiliza dados recolhidos ao longo dos anos para compreender o que é afinal este partido português (4 de Fevereiro de 2018).

O texto encontra-se acessível aqui:

http://expresso.sapo.pt/politica/2018-02-04-Por-onde-vai–o-PSD

 

 

Apresentação do Livro do José Magalhães, Políticos.pt

I am text block. Click edit button to change this text. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

[/vc_row]

Participação no Brown Bag Lunch da Plataforma de Crescimento Sustentável sobre Populismos, Causas e Consequências

I am text block. Click edit button to change this text. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

[/vc_row]

Ida ao Programa 360º

I am text block. Click edit button to change this text. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

[/vc_row]

Ida ao Programa Expresso da Meia-Noite

I am text block. Click edit button to change this text. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

[/vc_row]

Consulta aos Cidadãos - No primeiro ano do XXI Governo

I am text block. Click edit button to change this text. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

[/vc_row]

Marcelo e o Semi-Presidencialismo

I am text block. Click edit button to change this text. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

[/vc_row]

Recruitment of 3 researchers for ERC MAPLE Project

Under the framework of the ERC funded project “MAPLE – Measuring and Analyzing Politicisation of the EU before and after the Eurozone Crisis”, I am currently recruiting 3 researchers.
Below you will find two links with all the information on the profile required.
1 vacancy for a post-doctoral researcher:
Deadline for applications: 14 October 2016
 
2 vacancies for doctoral students:
Deadline for applications: 23 September 2016

Column published in El Pais

Column Published in El Pais, 13 May 2016 on why socialdemocrats are faring better in Portugal and Italy than in Spain

“Los socialdemócratas están en crisis en todas partes (y España es un buen ejemplo), pero no en Portugal o Italia. ¿Por qué? Dejando a un lado las diferencias, portugueses e italianos tienen algo en común: los dos se han vuelto más críticos con la UE. Esto les ha permitido retomar el contacto con sus votantes e impedir el aumento de la extrema izquierda.”

German-Europe Dialogue

Chairing the Visit of the German Junior Minister to Lisbon. A partnership between the Institute of Public Policy Thomas Jefferson-Correia da Serra and Das Progressive Zentrum.

Click here to see the video which was produced by Das Progressive Zentrum on occasion of the German-Europe Dialogue, which took place on 17 March 2016 at Fábrica Braço de Prata, Lisbon.

Click here to read the article published in the website Politico on the Event, where I am interviewed.

Apresentação do Livro Política e Entretenimento

Apresentação do livro do José Santana Pereira

No link acima encontram a minha Apresentação ao Livro Política e Entretenimento do José Santana Pereira, que teve lugar na FNAC Chiado a 18 de Fevereiro de 2016.

Factores de Curto Prazo nas Eleições Legislativas de 2015

Factores de Curto Prazo na Eleição de 2015- Economia e Líderes

No link acima encontram uma Apresentação que preparei para o Seminário de Apresentação de Dados sobre o Inquérito Pós-Eleitoral 2015, que foi realizado a 14 de Janeiro de 2016 no ICS. Este Seminário realizou-se no âmbito do IASPP – Infraestrutura das Atitudes Sociais e Políticas dos Portugueses, projecto financiado pela FCT e que permitiu a realização do Inquérito. O documento é o powerpoint que preparei onde respondo às seguintes perguntas:

1.Os votantes de esquerda e direita olham de forma diferente para a economia?

2.O que distingue mais a esquerda e a direita, são as percepções genéricas sobre a economia ou são posicionamentos sobre temas económicos (despesa pública, privatizações, etc)

3.As percepções de melhoria da Economia ocorreram especialmente entre que grupos sociais?

4.Quem foi o líder mais popular para os votantes?

5.A Economia e os Lideres são mais importantes para os votantes que decidem no último mês

Ao responder a todas estas perguntas, concluo que 2015 é um “regresso à normalidade” , comparando com 2011, com a diferenciação nítida dos votantes em relação ao que pensam da Economia. Isto é enquanto em 2011 praticamente todos os portugueses concordavam que a Economia havia piorado no último ano em 2011, em 2015, há diferenças significativas entre as percepções (mais positivas) dos votantes PaF e da percepções (negativas) dos votantes dos partidos PS, BE e CDU.

Mas uma “normalidade” diferente. Porquê? Porque se nota, tanto no que respeita o posicionamento dos votantes de esquerda e direita uma clivagem maior em relação aos temas económicos como também o que pensam dos lideres. Embora Passos Coelho fosse, na eleição de Outubro 2015 um lider muito popular para os votantes PaF (mais do Ferreira Leite em 2009 ou do que Passos em 2011), também é certo que António Costa é reúne um consenso positivo entre votantes do BE e da CDU, para além evidentemente dos do PS.

Olhando para os factores de curto prazo, economia e lideres, parecem estar a configurar-se dois blocos, o de esquerda e direita, polarizados como não acontecia antes – nomeadamente em 2009 e 2011, em relação a questões económicas, especialmente em relação ao que foi a performace económica e aos líderes.

 

 

Segundo Relatório da Bússola Eleitoral

Segundo Relatório da Bússola Eleitoral

No link acima encontram o Segundo Relatório da Bússola Eleitoral onde analisamos os posicionamentos dos eleitores e dos partidos em relação à política económica.

Primeiro Relatório da Bússola Eleitoral

Primeiro Relatório da Bússola Eleitoral

Neste link acima encontram-se os primeiros resultados da análise de 30.000 utilizadores da Bússola Eleitoral entre 4 e 15 de Setembro de 2015.